quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Cremor de Tártaro

Olá!

Como prometido na semana passada, aqui vai um post contando um pouquinho mais sobre o cremor de tártaro, ingrediente utilizado nas madeleines de parmesão e alecrim.

O cremor de tártaro (bitartarato de potássio) é um sal ácido obtido dos resíduos salinos que se acumulam nas paredes dos tonéis durante a fermentação do vinho. Este sal é coletado e purificado para produzir o pó branco, inodoro, ácido usado para muitas finalidades culinárias e domésticas.
Suas principais aplicações em alimentos são:
     
  • Estabilizar claras de ovos, aumentando sua tolerância ao calor e seu volume;
  • Prevenindo que xaropes de açúcar cristalizem, ajuda a manter a superfície dos doces mais secos (sem melar). É muito utilizado em suspiros, bolos caramelados ou confeitados, maçã do amor, geléias, chocolates, cocadas, etc.
  • Reduzindo a descoloração de hortaliças em que passem por cozimento em água fervente;
  • Em frequente combinação com bicarbonato de sódio (o qual necessita um ingrediente ácido para ativar-se) possui ação fermentativa, auxiliando na maciez de bolos, tortas, glacês, cremes, caldas doces, biscoitos, etc.
  • Comumente usado em combinação com cloreto de potássio em substitutos de sal isentos de sódio.
Fato curioso: O cremor tártaro misturado com suco de laranja é um remédio popular para combater o vício do tabagismo, com o propósito de repor o potássio carente no organismo do fumante.

Bom, depois dessa "aula" sobre esse ingrediente que poucos conhecem, a dica é: faça uma receita com ele e conte-nos o resultado!

Um beijo e até semana que vem!

Bruna

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Madeleines de Parmesão e Alecrim

A dica de hoje é perfeita para o fim de semana, pois pode ser preparada para um café da manhã caprichado, ou até mesmo para um lanchinho a tarde. 

As madeleines, bolinhos de origem francesa, são caracterizadas pelo formato de uma concha. Originalmente é uma massa doce, porém vem sendo preparada também na versão salgada. 

A receita foi retirada deste site.


Ingredientes:

115 g de Manteiga sem sal, derretida
1 xícara de Farinha de trigo
3 colheres de chá de Alecrim, bem picadinho
1 colher de chá de Flor de sal
Pimenta do reino a gosto
4 ovos
2 colheres de sopa de Açúcar
1 g de Cremor tártaro* (pode substituir por algumas gotas de limão)
1 xícara de Parmesão ralado (de boa qualidade)


Modo de Preparo:

Pré-aqueça o forno a 180º C.
Unte as forminhas de madeleine com manteiga e um pouco de farinha de trigo. 
Peneire a farinha de trigo e misture com o alecrim, a flor de sal e a pimenta do reino. Reserve.
Em uma batedeira elétrica, bata os ovos até ganharem volume e fique uma massa bem fofa e aerada, por cerca de 3 minutos. Adicione o cremor tártaro e o açúcar e bata até homogenizar a massa. 
Com uma espátula, vá adicionando aos poucos a farinha, o queijo ralado e a manteiga derretida, misturando de forma suave para que a massa não perca ar.
Distribua a massa sobre as formas untadas e leve ao forno por 12 - 15 minutos. 
Para ver se a massa está assada dê um "empurrãozinho" na madeleine, se soltar está ok!
Deixe esfriar ou então sirva assim mesmo, quentinha! Fica uma delícia!

Rendimento: aproximadamente 18 unidades.

*No próximo post falarei mais sobre o cremor tártaro, mil e uma utilidades!

Beijos e bom fim de semana!

Bruna